Fórmula 1

Williams procura perceber causas para o acidente de Massa em Montreal

AcidenteMassaCanada1

A Williams está ainda a analisar o que se passou exatamente com o DRS do FW38 de Felipe Massa, acidentado durante a primeira sessão de treinos livres do Grande Prémio do Canadá, esta sexta-feira no circuito Gilles Villeneuve, em Montreal.

O sistema que permite acionar a ‘asa’ posterior do Williams do piloto brasileiro não fechou totalmente quando ele travou para a curva um, fazendo-o perder o controlo do monolugar que chocou de traseira contra as barreiras exteriores, danificando bastante a traseira do carro.

Massa nada sofreu, a equipa de Grove conseguiu reparar o monolugar para a segunda sessão de treinos livres, mas ainda não percebeu o que sucedeu para que o DRS não funcionasse e motivasse o acidente no treino matinal.

“Infelizmente perder uma sessão daquela forma é uma pena. Accionei o DRS na travagem mas ele ficou fechado. Há alguns problemas com o mecanismo da asa traseira mas não com o DRS. Por isso esta é a primeira vez que acontece e sem aviso”, explicou o piloto brasileiro.

“Não sabemos (a causa exata). Eles (equipa) vão analisar tudo. Espero sinceramente que possam perceber bem a forma de tornar o carro competitivo”, acrescentou Felipe Massa, que não foi além do 13.º tempo na segunda sessão de treinos livres a três décimas de segundo do seu companheiro de equipa Valtteri Bottas, que realizou o sexto registo.

AcidenteMassaCanada

2Shares

Em destaque

Subir