Desporto

Wendel diz-se arrependido após ser detido por conduzir sem carta

O futebolista brasileiro Wendel, do Sporting, disse hoje estar arrependido, horas depois de ter sido detido pela GNR por conduzir sem carta em Alcochete, distrito de Setúbal.

“Em casa, em família e arrependido. Aprender com os nossos erros torna-nos mais fortes. Focado na final [da Taça de Portugal] de sábado”, escreveu o brasileiro na sua conta oficial na rede social Instagram.

De acordo com fonte policial, o médio, que seguia com outras pessoas no carro, recebeu ordem de paragem numa operação de rotina e foi levado ao posto da GNR de Alcochete, depois de admitir que não possuía habilitação legal para conduzir.

Wendel saiu em liberdade, mas foi notificado para comparecer perante um juiz do Tribunal do Montijo na quinta-feira.

O incidente com o jogador ‘leonino’ aconteceu três dias antes da final da Taça de Portugal, em que o Sporting defronta o FC Porto.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir