Ásia

Wall Street segue no ‘vermelho’ com retaliação comercial da China

A bolsa de Nova Iorque iniciou hoje a sessão em baixa, depois de Pequim ter anunciado que vai impor novas tarifas a bens norte-americanos no valor de 75 mil milhões de dólares.

Às 14:46 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia 0,40 por cento para 26.146,56 pontos e o Nasdaq baixava 0,62 por cento para 7.941,81 pontos.

O índice alargado S&P 500 recuava 0,45 por cento para 2.909,74 pontos.

Numa escalada da tensão comercial, a China anunciou hoje a sua intenção de impor novas taxas aduaneiras a produtos importados dos Estados Unidos, uma medida que será aplicada em duas fases, a primeira a partir do início de setembro e depois a partir de 15 de dezembro, retaliando as tarifas suplementares que Washington prevê instaurar a bens oriundos da China.

Na quinta-feira, a bolsa nova-iorquina encerrou sem uma direção definida, com o Dow Jones a subir 0,19 por cento e o Nasdaq a recuar 0,36 por cento.

Mais partilhadas da semana

Subir