Economia

Wall Street fecha em alta ligeira com investidores a descansarem de semana agitada

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em alta ligeira, com os investidores atentos aos desenvolvimentos na frente das negociações sino-norte-americanas e a digerir várias estatísticas sobre a economia dos EUA.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average valorizou 0,10 por cento, para os 27.677,79 pontos.

O tecnológico Nasdaq avançou 0,05 por cento, para as 8.570,70 unidades, e o alargado S&P500 valorizou 0,15 por cento, para as 3.117,43.

“O caminho tem sido muito irregular esta semana, com dois dias de baixas importantes [na segunda e terça-feira] e um de forte alta [quarta-feira]. A pouca ação de hoje foi, a bem dizer, um sinal de alívio”, realçou Art Hogan, da National.

Os investidores foram reagindo desde o início da semana à evolução do interminável folhetim das negociações comerciais entre EUA e China, com os dirigentes dos dois governos a darem sinais contraditórios sobre o desenrolar das conversações.

Na terça-feira, Donald Trump tinha dado a entender que um acordo comercial preliminar com a China poderia ser alcançado depois da eleição presidencial nos EUA em 2020.

Mas hoje, Trump garantiu que as negociações avançavam e que “pode acontecer alguma coisa em 15 de dezembro”, dia a partir do qual devem entrar em vigor as novas taxas alfandegárias sobre importações provenientes da China.

Por seu lado, o porta-voz do Ministério do Comércio chinês considerou que as duas partes continuavam em “contacto estreito” para procurar chegar a acordo.

Por outro lado, os investidores tentaram interpretar vários indicadores económicos dos EUA divulgados hoje.

O défice comercial norte-americano caiu em outubro para o nível mais baixo desde maio de 2018, segundo os dados do Departamento do Comércio.

Afetadas pelas fricções comerciais persistentes com a China, as importações baixaram 1,7 por cento, para os 254,3 mil milhões de dólares (29 mil milhões de euros), muito acima das exportações, que desceram 0,2 por cento, para 207,1 mil milhões.

Por seu lado, as inscrições para o subsídio de desemprego caíram para o mínimo de sete meses, conforme os dados semanais do Departamento do Trabalho.

Na sexta-feira, os investidores vão observar com interesse a informação relativa ao emprego e à taxa de desemprego relativa a novembro.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir