Nas Notícias

Wall Street encerra em alta com investidores a prepararem-se para semana pesada

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em alta, depois de uma sessão instável, com os investidores a acabarem por deixar de lado os receios internacionais para se prepararem para uma semana carregada.

Os resultados definitivos indicam que o seletivo Dow Jones Industrial Average valorizou 0,30 por cento, para os 25.316,53 pontos.

O tecnológico Nasdaq subiu 0,14 por cento, para as 7.645,51 unidades, depois de ter conhecido três recordes consecutivos na primeira metade da semana.

Também o alargado S&P500 fechou a semana em alta, ao ganhou 0,31 por cento, para os 2.779,03 pontos.

No conjunto da semana, o Dow Jones apreciou 2,77 por cento, o Nasdaq progrediu 1,21 por cento e o S&P500 ganhou 1,62 por cento.

“Os investidores começaram por adotar um tom prudente durante a sessão, ligado aos receios comerciais, mas de seguida privilegiaram os fundamentais económicos, que continuam a ser bons”, disse Peter Cardillo, da Spartan Capital.

Sem notícias relevantes durante a sessão provenientes da cimeira do G-7, que junta no Canadá os líderes das economias que têm sido consideradas mais industrializadas, os investidores posicionaram-se na expectativa.

A próxima semana vai ser “muito importante”, disse Quincy Krosby, o principal estratega de investimentos da Prudential Financial.

Apesar de a maioria dos investidores estar à espera de uma subida das taxas de juro na próxima reunião do banco central norte-americano, terça e quarta-feira, “as atenções vão estar orientadas para as previsões económicas” que o banco vai divulgar, acrescentou Krosby.

A reunião do Banco Central Europeu (BCE) também está presente no espírito dos investidores, com estes “a esperarem comentários sobre o fim do programa (da instituição) de compra de dívidas”, que decorre a um ritmo mensal de 30 mil milhões de euros, comentou Krosby, acrescentando que o Banco do Japão também tem previsto uma reunião sobre política monetária.

Entretanto, Donald Trump deve reunir-se com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Singapura, na terça-feira.

Depois de terem continuado na abertura da sessão o recuo registado na véspera, os valores tecnológicos recuperaram hoje.

Mais partilhadas da semana

Subir