Insólito

Vídeo: Vende a virgindade e apaixona-se pelo cliente

Uma francesa que pôs a virgindade à venda, para poder viajar e começar um negócio, apaixonou-se pelo cliente que a comprou, por 1,2 milhões de euros. “Vamos continuar a namorar”, prometeu Jasmine.

“Estou muito satisfeita com o homem que comprou a minha virgindade. É inteligente, bem sucedido e eu prefiro homens mais velhos”, salientou a jovem, natural de Paris.

Jasmine colocou-se à venda, num site especializado, e gerou uma competição que terminou com um duelo entre dois norte-americano.

Um DJ de Los Angeles ofereceu 900 mil euros, mas desistiu após um banqueiro de Nova Iorque dar 1,2 milhões de euros pela primeira experiência da francesa, descrita como “de olhos e cabelo castanho, peito natural e sem tatuagens ou piercings”.

Um milhão e 200 mil euros pela virgindade de uma jovem parece muito? De acordo com a agência que a vendeu, não é.

O recorde da Cinderella Escorts pertenceu a Giselle, uma norte-americana cuja virgindade foi vendida a um empresário de Abu Dhabi por 2,5 milhões de euros.

Quanto a Jasmine, está “muito satisfeita” pela forma como o negócio decorreu.

“Muitas pessoas, se pudessem voltar atrás, trocariam a primeira vez por um milhão de euros”, garantiu.

https://playbuffer.com/watch_video.php?v=BN8XARDW67UG

A parisiense admitiu que estava “um bocadinho nervosa” quando teve de conhecer o cliente, que se portou como “um cavalheiro”.

“Ainda é cedo para falar do futuro. Gostamos muito um do outro e vamos a ver o que acontece”, continuou.

Jasmine explicou ainda o que a levou a vender-se, até por vir “de uma família religiosa”.

“O meu plano era guardar-me para o casamento, mas eu e a minha famílias temos muitas despesas, em especial com a casa e com o carro. É tudo muito caro. Depois, também queria ter a oportunidade de viajar pelo mundo e começar o meu próprio negócio”.

“De certa forma, a venda da virgindade faz parte da emancipação”, concluiu a jovem: “Não devia ser um tabu para as mulheres fazerem o que quiserem com o próprio corpo”.

3764Shares

Mais partilhadas da semana

Subir