América do Sul

Vídeo: Torturam adolescente de 13 anos e arrependem-se… de não a ter matado

adolescentes_agressao_brasilUma história macabra entre quatro adolescentes, entre os 13 e os 16 anos, deixou em choque a comunidade de Trindade, no estado Goiás, no Brasil e está a gerar uma onda de indignação nas redes sociais.

As quatro adolescentes armaram uma ‘cilada’ a uma outra, de 13 anos, para depois a espancarem, com as mãos, um pau e até um martelo. Tudo foi filmado (ver vídeo em baixo) e as adolescentes já foram detidas.

As adolescentes não mostraram nenhum arrependimento na hora de assumir o crime. Em declarações à revista ‘Veja’, as adolescentes afirmaram que estavam arrependidas… por não a ter matado.

“Na nossa cabeça, nós íamos bater-lhe e ela ia morrer e nós íamos enterrá-la”

As agressoras armaram uma autêntica cilada à menina de 13 anos, convidando a mesma para uma suposta festa na casa de uma delas. Quando lá chegou, a menina foi amarrada e espancada durante horas.

As mesmas ainda afirmaram às autoridades que teriam cavado uma cova para depois a enterrar. Um momento de distração das agressoras – teriam saído para se limparem, segundo o jornal local ‘Mais Goiás’ – fez com que a menina de 13 ano conseguisse fugir, sendo depois socorrida por um vizinho, que também chamou a polícia e as deteve.

O que motivou esta barbárie, segundo as autoridades locais, foi a desconfiança de uma das agressoras de que a menina de 13 anos estaria interessada num ex-namorado de uma delas.

As adolescentes agressoras foram detidas e entregues a um centro de detenção de menores. A menina agredida encontra-se estável. No entanto, e por medo do sucedido, a mãe da adolescente agredida decidiu mudar de casa.

Mais partilhadas da semana

Subir