Nas Redes

Vídeo: Serrão gostou da música tauromáquica na Luz e dá ideia ao Benfica

Manuel Serrão gostou da música tauromáquica que foi colocada na instalação sonora do Estádio da Luz e espera agora que o DJ do Dragão se prepare para “responder” quando as águias visitarem o palco azul e branco na segunda volta do campeonato. O comentador portista associou a música ao facto da Luz ser “um salão de festas” e deixou uma ideia aos responsáveis do Benfica para trocarem a águia por um “touro com corn** bem salientes”. Veja as declarações no vídeo.

“Eu devo dizer que gosto deste tipo de coisas. O Benfica tem um sentido de humor duvidoso”, assumiu Serrão, falando sobre a música tauromáquica colocada na instalação sonora da Luz após a vitória das águias sobre o FC Porto.

O comentador portista salientou que o “paso doble não pode ser visto de uma forma isolada”.

“O clube que colocou o paso doble foi o mesmo clube que desligou as luzes e ligou a rega e vem dar a ideia de que o Estádio da Luz é um salão de festas. Desta vez não fomos nós a fazer a festa mas não deixou de manter o espírito e o perfil de salão de festas”, referiu.

Manuel Serrão acrescentou ainda que “mais que um estádio de futebol” o palco benfiquista é “um salão de festas”.

“Se o salão de festas fosse minha propriedade eu ficava preocupado porque na maioria das vezes é o adversário que festeja.”

Serrão considerou ainda que “abriria champanhe” e “punha marionetas”, se o FC Porto vencesse o Benfica, no Dragão, e essas fossem “tão raras ocasiões”.

“Eu acho bem que, em 15 anos, se ganha ao rival pela quarta vez, mesmo da maneira que foi, eu acho que é motivo de festa.”

O comentador azul e branco deixou ainda uma ideia aos responsáveis do Benfica.

“Acho bem meterem música das touradas. Podem estar a pensar mudar o animal da águia para o touro com os corn** bem postos no meio da Luz. É um clube que está habituado a ter uns corn** bem salientes.”

No programa, Serrão mostrou-se ainda intrigado a saber se a música terá sido pedida “por email”, fazendo uma alusão ao processo que envolve o clube encarnado na justiça.

“Umas vezes é luzes tipo discoteca e rega, outras é música de tourada. Eu acho que sim. Não vejo problema nenhum. As últimas festas que lá temos feito são festas definitivas. Neste caso, é um bocadinho cedo.”

Veja o vídeo a partir dos 26:45

Daí que Serrão espere que o DJ do Dragão já esteja “a preparar uma música para responder à letra” a esta música.

Recorde os momentos finais do duelo entre Benfica e FC Porto marcados pela música tauromáquica.



Mais partilhadas da semana

Subir