América do Sul

Vídeo: Padre beija os pés a transexual, pede perdão e é aplaudido

Júlio Lancellotti, um padre da Arquidiocese de São Paulo, no Brasil, beijou os pés de Sheila, uma transexual que acompanhava uma via sacra, organizada por uma pastoral da cidade. O pároco pediu perdão pelos maus-tratos de que os transexuais da região são vítimas e foi aplaudido. Veja o vídeo.

Um padre pediu perdão a um transexual, beijando-lhe os pés. O sacerdote criticou a intolerância “dos que maltratam a Sheila e os seus irmãos e irmãs – que têm a sua maneira de ser”.

“Quero pedir perdão”, afirmou o pároco, no Brasil. As imagens foram publicadas nas redes sociais e tornaram-se virais, conquistando a aprovação de milhares de pessoas.

Numa entrevista por telefone, Júlio Lancellotti revelou que aquele gesto foi espontâneo e surgiu para combater a violência e xenofobia que vitimam os transexuais.

“Ela veio na nossa direção e falou sobre a sua fé, muito emocionada. Aquela reação sensibilizou-se, porque sei que ela é uma figura extremamente vulnerável e, para muitas pessoas, censurável e indesejável. Eu quis dizer-lhe que Deus ama-a da forma como ela é”, afirmou o padre.

Júlio Lancellotti contou também que os transexuais da região são vítimas de atos de violência.

“Resolvi perguntar-lhe o nome. Ela respondeu-me com o coração muito puro. Depois de beijar os seus pés, ela colocou as duas mãos nos meus ombros e mostrou-me como se sentiu aceite. Não se sentiu rejeitada. Esta é a mensagem: ‘Deus ama por misericórdia, não porque somos melhores do que alguém”, concluiu.

No vídeo, vê-se precisamente Sheila de braços cruzados, incomodada com o gesto do padre. A transexual pergunta ao padre: “Perdão por quê?”.

E Júlio Lancellotti explica: “As pessoas maltratam-na”.

Depois do gesto do padre, as testemunhas daquele ato aplaudiram. Veja as imagens.

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir