Nas Redes

Vídeo: “O PSD não é oposição, é colaboração”

O PSD recusou ser “adversário” do Governo no momento em que Portugal enfrenta a “calamidade” do Covid-19, com Rui Rio a convocar todos os “soldados” para este “combate”.

O presidente social-democrata já tinha adiantado que seria favorável à declaração de estado de emergência “se um dia” fosse “necessário“, mas a forma como anunciou o sentido de voto laranja tem causado uma certa admiração nas redes sociais.

“É preciso que o país saiba que o PSD apoia o Governo neste combate. Estamos numa emergência nacional. Temos uma ameaça a combater. Aquilo que se exige é unidade, solidariedade entre todos e sentido de responsabilidade em nome do interesse nacional. Neste combate, este não é um Governo de um partido adversário, é o Governo de Portugal que todos temos que ajudar neste momento”, realçou.

“No combate a esta calamidade, o PSD não é oposição, é colaboração. Temos de ser todos soldados na disponibilidade, ajudar Portugal a vencer com o menor número de baixas possível”, afirmou Rui Rio.

“Senhor primeiro-ministro, conte com a colaboração do PSD. Tudo o que nós pudermos, ajudaremos. Desejo-lhe coragem, nervos de aço e muita sorte, porque a sua sorte é a nossa sorte”, finalizou o presidente do PSD.

Os sociais-democratas votaram a favor da declaração do estado de emergência porque “os direitos, liberdades e garantias têm de ser hierarquizados”, para que “um direito menor” não ponha em causa “um direito maior”.

O estado de emergência garante “eficácia” às decisões do Governo e “tranquilidade” aos portugueses, por saberem “que o Governo tem os meios necessários” para travar o contágio do novo coronavírus, que avança a uma taxa diária de 40 por cento.

E tem uma terceira vantagem, complementou Rui Rio: “evitar processos judiciais quando podiam começar a cair pedidos indemnização por força da incosntitucionalidade de medidas já tomadas”.

O presidente do PSD deixou, ainda assim, um aviso claro ao Governo: “O investimento público prioritário não são pontes, nem estradas, nem aeroportos, é equipamento de proteção, testes de diagnóstico e ventiladores. Neste momento, é um investimento público absolutamente estratégico para Portugal”.

Veja o vídeo.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir