Nacional

Vídeo: “Não há mulheres feias, às vezes, a vodka é que é pouca”, diz Toy

Toy esteve à conversa com Herman José na RTP e acabou por fazer algumas piadas e revelações mais íntimas, a tal ponto que o humorista chegou mesmo a antecipar que pode vir aí “um daqueles artigos de Rita Ferro Rodrigues”. Sem pudores, Toy admitiu que “sexo é como o antibiótico” e tem de ser “de oito em oito ou de 12 em 12 horas” e explicou ainda que “não há mulheres feias”, só que “a vodka às vezes é que é pouca”.

No programa ‘Cá Por Casa’, Herman José recebeu vários convidados, entre os quais Toy e Isabel Silva (apresentadora da TVI).

E foi durante uma intervenção de ‘Belinha’ que Toy surpreendeu ao falar sobre mulheres.

“As mulheres e as sardinhas querem-se pequenininhas”, respondia o cantor a uma pergunta de Herman, enquanto Isabel Silva se colocava de pé para mostrar a sua estatura.

“Estou bem?”, questionava ‘Belinha’, enquanto Herman ia prosseguir a emissão do programa quando Toy soltou uma ‘tirada’ controversa.

“Sabes que não há mulheres feias, às vezes, a vodka é que é pouca”, disse Toy.

Herman José garantiu que essa é uma “piada que merece um daqueles artigos da Rita Ferro Rodrigues”, enquanto Toy soltava gargalhadas.

O humorista questionou o cantor se ele é “um grande taradão” e o setubalense concordou. “Sim”, disse Toy, falando sobre intimidades.

“As três melhores coisas da vida são duas… sexo”, revelou em jeito de brincadeira, sustentando que o “sexo é como o antibiótico que deve ser de oito em oito horas e, às vezes, de 12 em 12”.

Veja o vídeo a partir dos 27:10 na primeira parte.

Na segunda parte do programa, Toy voltou com uma tirada ‘curiosa’ ao revelar que “se os vibradores mudassem pneus, os homens já não existiam”.

Toy, que recentemente desapertou a camisola e fez uma habilidade com a barriga durante um concerto, é um dos cantores do momento nas festividades populares.


3049Shares

Mais partilhadas da semana

Subir