Mundo

Vídeo: Jornalistas russos da RT gozam com Presidente da França

Emmanuel Macron acusa a estação Russia Today de “não dar notícias” e de servir apenas para propaganda do regime de Vladimir Putin. Hoje, vários jornalistas e repórteres da RT estão a publicar vídeos, em cenários de guerra ou conflito, para satirizar as declarações do Presidente da França.

Ontem, ao lado de Putin numa conferência de Imprensa em Versalhes, Macron acusou a RT e a agência noticiosa Sputnik de difamação durante a campanha presidencial francesa.

“A Russia Today e o Sputnik foram agentes de influência que em várias ocasiões espalharam notícias falsas sobre mim e a minha campanha. Eles se comportaram como órgãos de influência, de propaganda e de propaganda mentirosa”, afirmou o Presidente da França.

Os correspondentes da RT e do Sputnik em França chegaram a ser barrados em comícios do então candidato presidencial Emmanuel Macron.

Vladimir Putin manteve-se em silêncio, mas Dmitry Peskov, o porta-voz do Kremlin, reagiu de imediato: “Nós não concordamos com essa afirmação”.

Da parte da RT, a editora-chefe Margarita Simonyan exigiu que Macron fornecesse pelo menos uma prova da “disseminação de notícias falsas na internet”.

Mas a principal resposta russa tem sido feita pelos jornalistas e repórtes da RT. É o caso deste vídeo de Paula Slier, que esteve em zonas de conflito na Síria, Líbia, Ucrânia, Afeganistão e Gaza.

http://playbuffer.com/watch_video.php?v=8GDWHYK5X15S

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir