Animais

Vídeo: Gata paralítica é adotada por uma cadela

gata cadela Uma gata paralítica foi adotada por uma cadela da raça dachshund. Ambas foram abandonadas perto de uma garagem, nos EUA, e Idgie passou a tomar conta de Ruth. A gata e cadela foram resgatadas pelos serviços do condado de Seminole.

Idgie e Ruth foram abandonadas à porta de uma garagem no condado de Seminole, nos EUA, e reforçaram uma ligação invulgar: Idgie, uma cadela da raça dachshund com cerca de dois anos de idade, adotou Ruth, uma gata paralítica com cerca de sete meses.

A história foi tornada pública pelo jornal Orlando Sentinel, que cita fontes do serviço de animais do condado. Os serviços foram alertados para o caso no início de outubro do ano passado e, quando tentaram realizar o resgate, a cadela tornou-se ameaçadora, rosnando sempre que alguém se aproximava da gata.

Quando os funcionários conseguiram resgatar os dois animais repararam que Ruth, para se movimentar, tinha de usar as patas dianteiras para se arrastar. As traseiras estavam flácidas e os pés retorcidos. “Nós realmente não sabemos qual é o problema dela, deve ter nascido assim”, salienta a coordenadora dos serviços de Seminole, Diane Gagliano.

A responsável admite a surpresa perante “uma situação estranha”: “ambas foram encontradas num estado consideravelmente bom, pois não estavam sujas nem mal nutridas. Parece que tiveram um lar, mas, por outro lado, ninguém veio buscá-las e como a gata poderia chegar tão longe sem que o tutor soubesse?”

Os serviços tomaram conta dos dois animais e, no caso da gata, recorreram a injeções de esteróides, mas sem sucesso. A associação TEARS contribuiu para os tratamentos, pagando algumas sessões de terapias experimentais e de acupuntura, mas novamente sem sucesso. O mais surpreendente, para quem lidava com ambas, era a tristeza de Idgie sempre que Ruth ‘desaparecia’ para ir aos tratamentos.

Mais partilhadas da semana

Subir