Nas Notícias

Vídeo: “Deus ama os gays”, mas não nos painéis do Utah

god loves gays Uma conta no Facebook lançou um projecto para mostrar, em grandes painéis publicitários, que “Deus ama os gays”. A iniciativa que começou como provocação a uma congregação de Topeka, no Kansas, está a ser ‘censurada’ pelas empresas que gerem as publicidades no Utah.

“Deus ama os gays”. Como provocação a comentários homofóbicos da congregação Westboro Baptist Church, de Topeka, no estado do Kansas, a conta de “God” (Deus) no Facebook mandou imprimir um grande painel publicitário a realçar isso mesmo: que “Deus ama os gays”.

Através das redes sociais, a iniciativa tornou-se viral e a campanha de crowdfunding foi um sucesso. Pago o painel publicitário de grandes dimensões (um ‘billboard’) em Topeka, a organização avançou para o objetivo seguinte: o mesmo cartaz, mas agora no estado do Utah.

O problema, relata a KUTV, é que as maiores empresas que gerem os ‘billboards’ estão a ‘censurar’ a iniciativa. Apesar do grupo promotor ter contactado a generalidade das companhias, nenhuma tem um único painel disponível.

O responsável de uma organização de defesa dos direitos da comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais) tentou ajudar “Deus” a organizar a iniciativa no Utah e, afirmou, recebeu como resposta que “o tema é muito controverso” e que as empresas “receiam perder os clientes mais conservadores”.

“Há muitas pessoas que, durante décadas, têm usado o nome de Deus para atacar a comunidade LGBT. Esta mensagem é tão simples e bela que os deixa desarmados. Não percebo como alguém pode achar este cartaz controverso”, argumentou Lawrence.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir