Insólito

Vídeo: Corta unhas ao fim de 66 anos

Um adolescente decidiu não cortar as unhas da mão esquerda após ouvir um raspanete de um professor. Isto foi em 1952. Shridhar Chillal demorou 66 anos até voltar a cortar as unhas, um recorde validado pelo Guinness.

Este indiano era um adolescente de 14 anos que foi admoestado por quebrar, acidentalmente, uma unha comprida do docente.

Como ‘vingança’, Shridhar Chillal decidiu não voltar a cortar as unhas dos dedos da mão esquerda. E, como a vingança se serve fria, 66 anos são tempo suficiente para arrefecer.

Agora, o indiano, de 82 anos, resolveu finalmente cortar as unhas, que ficaram em exposição num museu de insólitos de Nova Iorque (EUA).

O (longo) tempo de crescimento tornou as unhas tão densas que para as cortar foi necessário uma serra de ossos, daquelas que são usadas em cirurgias.

As medidas de cada uma das unhas são impressionantes.

Do mindinho para o polegar, tinham 1,791, 1,816, 1,866, 1,645 e 1,978 metros.

Alinhadas, as unhas atingiam um comprimento recorde, validado pelo livro do Guinness, de 9,096 metros, o comprimento (aproximado) de um autocarro!

Shridhar Chillal detém o recorde do Guinness de unhas mais compridas numa só mão desde 1979, ano que mediam ‘apenas’ 2,197 metros.

A fama também tem um lado negro e o indiano já não conseguia dormir em condições, pois qualquer movimento em falso podia quebrar as unhas.

“Tinha de acordar a cada meia hora para mover a mão para o outro lado da cama”, revelou.

Com a mão ‘normal’, a direita, o homem trabalhou como fotógrafo.

Veja o vídeo.

https://playbuffer.com/watch_video.php?v=YDK9BU6HA4M8

81Shares

Em destaque

Subir