Mundo

Vídeo: Comboio sem maquinista faz 92 km e a única forma de o parar foi fazê-lo descarrilar

O ‘acidente’ com o mais comprido comboio do mundo foi… propositado. Uma composição com quatro locomotivas e 268 vagões foi descarrilada de propósito após fazer 92 quilómetros sem maquinista.

O caso ocorreu com um comboio da BHP no interior australiano, entre Newman rumo a Port Hedland.

O comboio, que estava carregado com minério de ferro, fez uma paragem técnica em Turner e ‘partiu’ sozinho quando o maquinista tinha saído para inspecionar um dos 268 vagões.

Ao fim de 92 quilómetros de marcha, sem que fosse possível travá-lo, o comboio foi propositadamente descarrilado.

Veja o vídeo do mais comprido descarrilamento do mundo.


Mais partilhadas da semana

Subir