Nas Notícias

Vídeo: Repórteres da CMTV em desespero no meio do incêndio de Monchique

Uma equipa de reportagem da CMTV ignorou a ordem de evacuação da zona da Fóia, em Monchique, e avançou pelo teatro de operações, entre bombeiros e outros profissionais de socorro. Quando foram detetados, transformaram a ordem para abandonar o local numa ‘fuga pela vida’. Veja o vídeo.

O incêndio de Monchique já obrigou à deslocação de mais de 250 pessoas, mas os jornalistas da CMTV, ignorando a ordem de evacuação, deslocaram-se até ao teatro de operações, intrometendo-se entre os bombeiros que tentavam conter as chamas.

Num direto sem qualquer justificação (todos as informações dadas já tinham sido avançadas ou podiam ser referidas em estúdio ou a partir dos centros de operações), a CMTV foi avançando sem que se visse uma única pessoa que não fosse dos bombeiros ou da Proteção Civil.

A isto se acrescenta o ‘pormenor’ dos repórteres não estarem preparados para as condições do terreno, ao contrário dos bombeiros, que combatem o fogo com o equipamento de proteção para as altas temperaturas.

Num local onde as chamas estavam incontroláveis, e com os ventos fortes, os responsáveis pela operação de combate apercebem-se da presença da estação televisiva e deram ordem de saída.

Aí, os repórteres abandonaram o local em passo de corrida.

A equipa de reportagem da CMTV ficou cercada pelo fogo e o direto terminou em desespero.

Veja aqui o vídeo.

Os bombeiros partilharam outras imagens que retratam os perigos da proximidade do fogo, sem preparação nem equipamento.

Assista a este vídeo:


A dimensão dos incêndios em Monchique, na perspetiva de aconselhável:


Mais partilhadas da semana

Subir