Mundo

Vídeo: Cataratas do Niagara congeladas, estado sólido das quedas de água atrai turistas

cataratas niagara congeladas 400 Vórtice polar que acentuou frio nos EUA e Canadá congelou as Cataratas do Niagara, com as famosas quedas de água a ficarem ‘suspensas’. Veja as imagens deste fenómeno raro, nas mais famosas cataratas do mundo. Receia-se que o descongelamento das águas possa causar estragos.

As cataratas do Niagara também se ressentiram do frio polar que Estados Unidos e Canadá e congelaram, atraindo ainda mais as atenções. As mais famosas cataratas do mundo parecem agora parcialmente adormecidas, sobretudo do lado norte-americano, onde uma queda de água violenta perdeu essa característica.

Inúmeros turistas foram atraídos ao local, para assistir a um fenómeno raríssimo, em resultado do vórtice polar que afeta a região sul do Canadá, bem como o nordeste e Midwest norte-americano. A vaga de frio também congelou o rio Hudson.

Esta onda de frio resulta de uma massa de ar que afeta, em condições normais, apenas a região do Ártico, sendo que em 2014 mudou a sua localização para latitudes mais a sul.

O congelamento das Cataratas do Niagara é o lado belo do fenómeno, mas a verdade é que este frio extremo já provocou a morte a duas dezenas de pessoas. Por outro lado, mais de 250 milhões de pessoas terão sido afetadas, de alguma forma, com a vaga de frio polar.

Em algumas cidades canadianas e norte-americanas as temperaturas mínimas bateram recordes, com a sensação térmica a situar-se nos 50 graus Cersius negativos. Já na fronteira entre o estado de Nova Iorque e a província de Ontario, no Canadá, onde se localizam as cataratas congeladas, o frio esteve perto daqueles níveis, com sensação térmica de 30 graus negativos.

Além das cataratas, também o rio Niagara ficou coberto de gelo. As previsões apontam no sentido de uma subida das temperaturas na região, o que dará origem a um fenómeno de degelo.

Os meteorologistas temem que possam ocorrer algumas inundações a partir do momento em que a água retida em maior quantidade comece a descongelar, com as regiões de Grand Island e Cayuga Island a serem previsivelmente as mais afetadas.

O congelamento das cataratas do Niagara é extremamente raro e a última vez que o mundo pôde assistir ao congelamento das águas naquela região foi em 1936, mas apenas do lado norte-americano, numa das três quedas de água das cataratas.

Apesar do frio, os turistas acorreram ao local, para se deslumbrarem com uma paisagem bela, de estranha beleza, onde a gravidade parece em suspenso. Veja as imagens:

https://www.youtube.com/watch?v=P_kUu5gcVNQ

Mais partilhadas da semana

Subir