Desporto

Vídeo: Camilo Lourenço ‘rebenta’ política financeira de Bruno de Carvalho

Camilo Lourenço, conhecido analista e comentador económico português, fez um ponto de situação dos números financeiros que são conhecidos do Sporting e não foi nada ‘meigo’ nas declarações, onde critica a política financeira da administração de Bruno de Carvalho. “Isto cheira a esturro”, disse. Veja o vídeo.

O analista começa por enquadrar o empréstimo obrigacionista que irá vencer em maio e questiona se foram os investidores que ‘agitaram’ a situação no clube.

“A direção do Sporting no comunicado que fez vem dizer que esta agitação toda comprometeu uma emissão obrigacionista. Ai foi? Foi a agitação dos últimos dias? [Faz o sinal a torcer o nariz]. Isto cheira a esturro e vou dizer porquê. Primeiro, quem é que criou a agitação? Foram os investidores? Foram os jogadores? Ou foi a direção do clube, nomeadamente o seu presidente… do clube e da SAD?”, questiona Camilo Lourenço.

O analista de assuntos económicos explica, depois, que começa a “desconfiar” que uma parte desta história tem que ver com “as emissões obrigacionistas” e justifica.

“Vão à CMVM e vejam o último relatório e contas do Sporting e vejam o que lá está. Olhem, capitais próprios negativos, cash-flow negativo e, mais interessante, sabe quanto é que o Sporting tem de devolver em termos de divida este ano? 68 milhões de euros. Não é o Camilo Lourenço que está a dizer. Está no site da CMVM.”

Camilo Lourenço questiona ainda os montantes antecipados em termos de receitas televisivas e a recuperação financeira que tem sido falada.

“Sporting está a viver um susto financeiro”

“O que se passou nas últimas semanas para este susto financeiro? Porque o Sporting está a viver um susto financeiro”, refere.

E acrescenta: “Aqueles que andam para aí a defender a recuperação financeira do clube não sei das quantas, por favor, vão ver o relatório e contas”.

Camilo Lourenço fala em “antecipação de receitas de direitos televisivos” e nota ainda “vendas de passes de jogadores feitas nos últimos meses cujo dinheiro já tinha sido gasto”.

Veja o vídeo:

1 – O Sporting quer adiar o reembolso de uma emissão de obrigações para novembro. Isto é um default e a CMVM tem de se pronunciar sobre isso porque a SAD está cotada em Bolsa ??2 – A direção diz que a agitação dos últimos dias pôs em causa a colocação de nova emissão de obrigações. Cheira a desculpa de mau pagador… ??3 – Ainda o tratamento de crianças com cancro nos corredores do Hospitsl de São João. Afinal os 22 milhões necessários estão “guardaria” numa gaveta do ministro Mário Centeno. Está gente não tem vergonha ??4 – Ainda sobre Mário Centeno e seus sucessos na Economia, o ex-ministro da Economia do PS, Daniel Bessa, classsificou a sua visão de “medíocre”. Tem razão? ??

Publicado por Camilo Lourenço em Quarta-feira, 11 de Abril de 2018

 

Mais partilhadas da semana

Subir