Benfica

Vídeo: Benfica irrita (alguns) sócios em campanha com Pacheco

O departamento de marketing do Benfica promoveu uma campanha que não gerou consenso entre os adeptos. E tudo por culpa de Pacheco, jogador que trocou a Luz por Alvalade, no célebre ‘verão quente’. Veja o vídeo.

Corria o ano de 93 e o Benfica enfrentava o célebre ‘verão quente’, com Pacheco e Paulo Sousa a rescindirem contrato – alegando justa causa, por salários em atraso – e a assinarem pelo rival de Alvalade.

Sousa Cintra, então presidente do Sporting, tentou também contratar João Vieira Pinto, mas não conseguiu esse intento e os encarnados resgataram o seu ‘menino de ouro’.

Pacheco e Paulo Sousa passaram a ser vistos como ‘personas non gratas’, pelo universo benfiquista. E o tempo não curou as feridas de todos eles.

Para promover uma campanha que consiste em juntar a família para poupar no preço das quotas, o Benfica quis reunir a família e fez regressar Pacheco ao Estádio da Luz.

Uma ação de marketing corajosa que não recolheu, como se esperaria, consenso.

E esse não era o objetivo da ação, como se percebe pelos olhares de cada personagem.

Participaram na campanha, além de Pacheco, Rui Costa, Mozer, Rui Águas, Veloso, Stefan Schwarz e Vítor Paneira.

“Que nenhuma família se volte a separar por dinheiro”, lê-se, no final do vídeo.

Veja a campanha:

Mais partilhadas da semana

Subir