Nas Notícias

Vídeo: Árbitros perseguidos e agredidos por jogadores

arbitros agredidos O árbitro Rodrigo Raposo e os auxiliares foram agredidos e insultados no final do jogo entre o Brasília e o Brasiliense, que apurou a primeira equipa para a final do campeonato e afastou a segunda. Na origem do caso esteve um penálti assinalado aos 94 minutos.

A partida entre o Brasiliense e o Brasília era decisiva para apurar um dos finalistas do campeonato estadadual e terminou de forma vergonhosa.

O resultado, um empate a dois golos, apurou o Brasília para o encontro decisivo. Só que o golo da igualdade foi obtido graças a um penálti assinalado aos 94 minutos.

O árbitro, Rodrigo Raposo, entendeu que Everton entrou de forma faltosa, dentro da área, sobre Kaká, assinalando a grande penalidade que estabeleceu o 2-2.

A bola regressou ao centro do terreno, mas o jogo não foi retomado: aos 94 minutos, o juiz apitou o final da partida.

Nesse preciso instante, os jogadores e outros elementos do Brasiliense rodearam a equipa de arbitragem, que foi agredida e insultada.

Os incidentes dentro das quatro linhas provocaram uma invasão de campo, obrigando a polícia de choque – que acorreu de imediato a proteger os árbritos – a usar bombas de gás lacrimogéneo.

Veja os incidentes a partir dos 6m30 do vídeo:

Em destaque

Subir