Mundo

Vídeo: Anúncio da Budweiser para o Super Bowl 2017 arrasa Trump em 60 segundos

Um anúncio da Budweiser para o Super Bowl 2017 conta a viagem para o imigrante alemão, Adolphus Busch, para território norte-americano, onde funda a prestigiada marca de cervejas. Apesar de a empresa negar qualquer mensagem oculta contra Trump, a verdade é que esta campanha viral remete-nos para as políticas anti-imigração do 45.º Presidente dos EUA. Veja o vídeo.

No seu anúncio para o Super Bowl 2017, a Budweiser narra a viagem de um imigrante, para solo norte-americano, em meados do século XIX. Trata-se de Adolphus Busch, precisamente o cofundador daquela marca de cerveja.

Um alemão viaja de barco pelo Atlântico, à procura de um novo porto seguro. A viagem não é travada pela tempestade.

Já em território norte-americano, o imigrante ouve mensagens de repúdio. “Não és bem-vindo”, ou “volta para o teu país”. Ignora o ruído.

Segue pelas águas do Mississipi e nem um naufrágio o impede de prosseguir, por entre chuva e lama.

A verdade é que se transforma num empresário bem sucedido, à semelhança de muitos outros imigrantes que os EUA acolheram. Steve Jobs, por exemplo, filho de um imigrante sírio. Ou o cofundador da Google, Sergey Brin, descendente de imigrantes.

O anúncio da Budwiser tem sido interpretado, naturalmente, como uma mensagem contra as controversas políticas contra a imigração, de Donald Trump.

Porém, a marca negou que esta campanha para o Super Bowl contenha alguma mensagem política.

Certo é que a história de Adolphus Busch, que supera todas as dificuldades para cumprir o sonho americano com a sua cerveja, consegue destruir a doutrina de Trump. Em 60 segundos.

Esta obra-prima da publicidade, chamada ‘Born the Hard Way’, resulta da criatividade da Anomaly e é realizada por Chris Sargent.

Veja o vídeo:

49Shares

Mais partilhadas da semana

Subir