Insólito

Vídeo: Adepto apoia sozinho equipa na bancada depois de loucura para chegar ao estádio

Daniel Oliveira tem 19 anos e o amor pelo Angra dos Reis, clube pelo qual palpita o seu coração onde quer que esteja, leva-o a fazer qualquer coisa para não perder os jogos do seu emblema.

Recentemente, o rapaz viajou sete horas e apanhou vários meios de transporte para ir ver o Angra dos Reus contra o Ceres, em partida da Série B2 do campeonato Carioca. Se até aqui a história já tinha ‘sumo’ para ser contada, acresce ainda que Daniel ficou sozinho na bancada no apoio aos seus jogadores que venceram o jogo por 4-0.

“Foi difícil, não sabia chegar lá. Um jogador do Angra passou-me umas orientações, vi outras na Internet e o resto fui perguntando na rua. Quando cheguei, o técnico Leandro Silva veio falar comigo, gritou ‘Vamos, Tubarão’. Todos os jogadores me abraçaram e disseram que eu era f$#%. Parecia que eu era jogador e eles os adeptos”, conta em entrevista ao Globo Esporte.

O adepto solitário, como já lhe chamam, conta como decorreu a aventura.

“Saí de casa às 07h40 da manhã, apanhei o autocarro até Conceição (08h35). Apanhei depois a van até Itaguaí, mais um autocarro até Campo Grande e um último autocarro até a Avenida Brasil [já no Rio]. Desci na Avenida Brasil e andei aproximadamente três quilómetros até chegar à tão famosa Rua Bariri. Conversei com o presidente da equipa adversária e comemorei os três golos do Fabio Saci”, explica.

Mas não se ficou por aqui. “Coloquei 270 adeptos deles [Ceres] no bolso. Gritei ‘olé’ sozinho, comemorei mais um golo e voltei com os três pontos”.

Perante esta ‘maratona’, o clube foi claro: “Não temos grandes conquistas, não temos claque numerosa, mas temos a certeza de que nunca estaremos sozinhos”, escreveu o clube nas redes sociais.


 

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir