Fórmula 1

“Vettel deve estar tão frustrado quanto nós” diz o chefe da Red Bull

A colisão entre Max Verstappen e Sebastian Vettel, quando o holandês seguia a caminho de um lugar no pódio no Grande Prémio da Grã-Bretanha de Fórmula 1, continua a dar que falar.

Para além da prova de Verstappen e Vettel ter ficado estragada, motivando depois um pedido de desculpas do alemão ao holandês, e uma penalização na licença desportiva ao germânico da Ferrari, o incidente mereceu também comentários por parte do diretor da Red Bull Racing.

Em vez de ser extremamente duro com o alemão, Christian Horner prefere sublinhar o que o acidente custou para o seu piloto e para a equipa, para além de não ser bom também para o piloto da Ferrari: “É muito frustrante sob o nosso ponto de vista, pois o incidente privou Max de um pódio certo”.

“Não sei muito, mas depende do ritmo que Valtteri (Bottas) tinha no final da corrida. É notável também o facto do carro (de Verstappen) ter podido continuar apesar dos danos que sofreu”, refere o britânico que dirige a formação de Milton-Keynes.

Horner destaca também: “É frustrante porque Max tinha feito uma bela ultrapassagem a Seb, mas não posso acreditar que tenha sido um grande erro de avaliação de Seb, que bloqueou as rodas e embateu no carro de Max. Cometeu um erro e infelizmente nós fomos as vítimas. Imagino que Vettel esteja tão frustrado quanto nós”.

“A luta entre Max e Charles foi soberba. No primeiro turno estiveram roda com roda. No começo Charles podia apoiar-se em pneus macios mais rápidos, mas assim que Max colocou temperatura nos pneus ele estava nos seus escapes, colocando forte pressão em Leclerc. O Ferrari era muito rápido em reta, e por isso difícil de ultrapassar. Mas isso não dissuadiu Max de tentar a sua sorte. Foi divertido para os espetadores, que por vibraram com o duelo”, acrescentou o líder da Red Bull Racing.

Mais partilhadas da semana

Subir