Fórmula 1

Vettel de novo de ‘candeias às avessas’ com Verstappen

Pela segunda vez Sebastian Vettel e Max Verstappen protagonizaram um desaguisado em pista. O alemão e o holandês desentenderam-se no começo do Grande Prémio do Japão e fora de pista culparam-se mutuamente.

O facto de ser obrigado a partir apenas do nono lugar, levou Vettel a empregar agressividade na forma como tentou recuperar posições no começo da corrida, proporcional a um certo desespero por ver Hamilton, mais uma vez, escapar-se na liderança, como sucedera em Singapura e na Rússia.

Só que depois do erro que teve na qualificação, o piloto de Heppenheim voltou a calcular mal o espaço que tinha para ganhar o terceiro posto a Verstappen, depois do holandês se ter atrasado num anterior contacto com Kimi Raikkonen. Como consequência o alemão da Ferrari atrasou-se e veio a terminar a prova apenas na sexta posição atrás do seu companheiro de equipa, perdendo ainda mais terreno para Lewis Hamilton no campeonato.

Sebastian Vettel recusa-se a admitir culpa no incidente com o piloto da Red Bull ainda que pedisse desculpa à Ferrari pelo resultado conseguido na prova: “Não há muito a duzer. Penso que dei espaço suficiente para efetuar a manobra. Se não quisesse espaço mais valia ter ficado em casa”.

“Ataquei para o ultrapassar, mas não estava desesperado. Ele tinha o lugar, mas a partir do momento em que me viu passou ao modo ‘defesa’, mas tinha a trajetória. A partir do momento em que sabe que tem alguém perto de si ou ao seu lado, tenta, na minha opinião, resistir, nem que seja demasiado tarde”, considera o germânico.

Sebastien Vettel defende que a manobra não merece a mínima punição por parte dos comissários desportivos: “É normal que por isto seja mais cerrado, mas penso que é preciso deixar uma pequena margem, e eu fiquei sem espaço nenhum e tocamo-nos”.

Para muitos o piloto alemão devia ter esperado até ter oportunidade de usar o DRS em reta para tentar o ataque, ao mesmo tempo que Max Verstappen devia ser punido com a penalização de cinco segundos, depois da colisão com Kimi Raikkonen. “Sabia que ele tinha sido penalizado, mas senti que erámos mais rápidos. Eu apanhei-o e estava bem lançado na curva”, acrescentou Vettel.

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir