Benfica

“Veremos se um VAR qualquer não transforma o Sporting em candidato”, avisa Gomes da Silva

Rui Gomes da Silva insinuou que os comentários do presidente do Sporting sobre a arbitragem visam ‘preparar’ a arbitragem para o dérbi de Lisboa, agendado para as 17h30 do próximo domingo.

O Benfica, que se queixou do vídeoárbitro (VAR) após perder a meia-final da Taça da Liga, visita o Sporting, cujo presidente defendeu a “importância” da tecnologia mais discutida do momento.

Para Rui Gomes da Silva, as declarações de Frederico Varandas podem estar a condicionar a atuação da equipa de arbitragem para o clássico de domingo.

“Nesta deriva tática que vamos vivendo… vem aí o Sporting”, escreveu o ex-dirigente encarnado, que entretanto se tornou opositor de Luís Filipe Vieira.

“Um Sporting de ‘papel’… que veremos se um VAR qualquer não transforma em candidato ao título”, insinuou.

Rui Gomes da Silva considerou ainda, na crónica para o Geração Benfica, que Frederico Varandas “está a pôr-se a jeito”, graças à “invocação de linhas imaginárias”.

Em causa estava o golo anulado ao Benfica “por fora de jogo inexistente” no jogo com o FC Porto, que para o ex-dirigente encarnado não foi “um erro humano”, mas um ‘roubo videográfico'”.

Mais partilhadas da semana

Subir