EUA

Veja como esta Mansão Playboy ficou após 43 anos de abandono

Um milionário criou uma luxuosa Mansão Playboy em 1972, mas no ano seguinte foi preso… Um fotógrafo foi agora espreitar como está o local e fez fotos arrebatadoras.

Recuemos num instante até 1972: Billy Hull, um empresário que fez fortuna com uma rede de clubes de alterne, mandou construir uma luxuosa mansão em Chattanooga, no Tennessee (EUA), tendo por temática a famosa revista masculina Playboy.

Até a piscina interior tinha o formato do conhecido coelho.

Só que no ano seguinte a luxuosa mansão, de 1700 metros quadrados, ficou ao abandono: Hull foi condenado pelo homicídio de Roland Hargis, o amante da esposa.

A história da Mansão Playboy de Chattanooga perdeu-se na história até tempos recentes.

Naaman Fletcher, um fotógrafo de 30 anos de Birmingham, no Alabama, começou a ganhar fama pelos trabalhos que fazia de edifícios abandonados.

Quando um amigo lhe contou que havia uma Mansão Playboy vazia na imensidão do Tennessee, Fletcher nem hesitou em explorar as ruínas do sumptuoso edifício de Billy Hull.

Pormenores como o teto em mármore e os candelabros ainda intactos estão a fazer as delícias dos internautas, que tornaram virais as fotos registadas por Naaman Fletcher.

“Soube que, nos últimos tempos, havia cada vez mais miúdos da escola no local, partindo janelas e pintando com spray. Tinha de fazer as fotos antes que ficasse tudo destruído pelo graffiti e pelo vandalismo”, salientou o fotógrafo.

Mais partilhadas da semana

Subir