Fórmula 1

Valtteri Bottas domina primeiro dia de testes em Barcelona

Valtteri Bottas cotou-se como o piloto mais rápido no primeiro dia de testes de Fórmula 1 que hoje teve lugar no Circuito da Catalunha-Barcelona.

Aos comandos do Mercedes W10 o finlandês ficou a uma décima da marca que lhe deu a ‘pole position’ para o Grande Prémio de Espanha no mesmo traçado de Montemeló, numa jornada perturbada pela saída de pista de Callum Illott.

O britânico perdeu o controlo do Alfa Romeo na terceira curva do circuito, e danificou o monolugar. A bandeira vermelha foi mostrada e a sessão interrompida. O mesmo sucedeu quando o Red Bull de Pierre Gasly se imobilizou na via das boxes na sequência de um problema mecânico.

Mas Bottas permaneceu impassível, como já tinha sucedido de manhã, quando tinha sido o mais rápido, com o tempo de 1m16,625s. À tarde o finlandês da Mercedes baixou para 1m15,511s, utilizando os pneus C5 da Pirelli.

Charles Leclerc, que da sessão matinal tinha ficado oito décimas do segundo classificado da corrida do último domingo, ficou desta feita a 1,4 segundos, mas tem a desculpa de ter Pirelli C2 montados no Ferrari. Daniil Kvyat, no Toro Rosso, completou o trio da frente, diante de Nico Hulkenberg, da Renault, e de Pierre Gasly.

Carlos Sainz rubricou o sexto registo no McLaren, diante de Pietro Fittipaldi, no Haas. O melhor ‘rookie’ foi Nick Yeolly, que no Racing Point foi o oitavo mais rápido, numa sessão em que também participou Sebastian vettel, totalmente concentrado em testes para a Pirelli, como aliás sucedeu com Sergio Perez. Callum Illott no Alfa Romeo, e Nicholas Latifini, no Williams, ficaram do fundo da tabela de tempos.

Mais partilhadas da semana

Subir