Nas Notícias

Vacina contra o cancro mais perto de ser uma realidade graças à molécula MUC1

cancro_peleA vacina contra o cancro pode ser uma realidade a breve prazo, com os testes que um grupo de investigadores vai realizar em Israel. O objetivo é que o sistema imunitário aprenda a identificar e combater a MUC1, uma molécula presente em 90 por cento dos tumores.

Uma molécula presente em 90 por cento dos tumores pode ser o ‘cavalo de troia’ necessário para criar a primeira vacina contra o cancro. Esse é o objetivo dos ensaios que um grupo de investigadores da Universidade de Telavive (Israel), em colaboração com especialistas da farmacêutica Vaxil Biotherapeutics, vai começar a realizar com pacientes humanos.

Os primeiros testes em laboratório demonstraram que parte da molécula MUC1 pode ser identificada pelo composto da vacina, a qual ‘explica’ ao sistema imunitário que está a lidar com células cancerígenas para, dessa forma, tentar eliminá-las do organismo. Nos primeiros ensaios, a vacina “gerou uma resposta imunitária robusta e específica em todos os pacientes após apenas duas a quatro doses”, segundo uma nota explicativa fornecida pela empresa farmacêutica.

A próxima fase dos testes passa por estudar o comportamento da vacina quando aplicada em pacientes humanos. Numa primeira fase, a vacina será orientada para doentes que apresentem pequenos tumores ou que já tenham sido operados.

Segundos os investigadores citados pelo jornal Daily Telegraph, a vacina contra o cancro poderá ser uma realidade dentro de seis anos.

Em destaque

Subir