Mundo

Uso de boxers potencia produção de espermatozóides

A utilização de roupa íntima depende do gosto de cada pessoa mas um estudo vem agora revelar que, no caso dos homens com problemas de fertilidade, vestir boxers pode aumentar a produção de espermatozóides.

De acordo com um estudo realizado nos últimos 30 anos nos EUA, os homens que utilizavam uma roupa interior mais apertada produziram menos sémen.

Importa, desde já, salientar que os homens que serviram para este estudo procuraram tratamentos para a fertilidade, não sendo avaliados homens com uma vida fértil saudável.

Os cientistas analisaram vários dados e chegaram à conclusão de que o uso de boxers reduz a temperatura dos testículos, fazendo com que se dê um aumento na ordem dos 17 por cento no número de espermatozóides por ejaculação, na dita ‘população’ que procurou ajuda em tratamentos de fertilidade

“Os homens que queiram aumentar a sua produção de sémen só precisam de mudar de roupa interior”, referiu Lidia Míngues-Alarcón, uma das cientistas responsáveis pela investigação, em declarações ao jornal The Guardian.

A Harvard School of Public Health, em Boston, avaliou 656 homens, e de acordo com os cálculos desta investigação, os homens que usam boxers têm mais 25 por cento de produção de espermatozóides por mililitro de sémen.

Além disso, ainda segundo os investigadores, deu-se uma produção superior a 17 por cento por ejaculação nos homens que não usam roupa interior apertada.

Os padrões de saúde internacionais, recorde-se, indicam que a zona íntima dos homens deve, por norma, estar a três ou quatro graus abaixo da temperatura corporal normal (37ºC).

Além do tipo de roupa interior que usavam, neste estudo os cientistas avaliaram a massa corporal dos indivíduos mas também se estes tinham o hábito de fumar e se tomavam banhos quentes.

Os autores deste estudo reforçam a mensagem de que foram avaliados apenas homens que procuraram tratamentos de fertilidade.

Mais partilhadas da semana

Subir