Nas Notícias

Urban continua fechada: Providência cautelar foi rejeitada

A providência cautelar apresentada pelo proprietário da Urban Beach foi rejeitada pelo Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa. Continua válida a decisão, do Ministério da Administração Interna (MAI), de manter a discoteca encerrada.

Foi o próprio MAI quem deu a conhecer a decisão judicial, em comunicado.

“Foi indeferido pelo juiz o pedido de decretamento provisório da providência cautelar apresentada pelo Urban Beach. Significa, na prática, que mantém o despacho do MAI que determinou medida de polícia de encerramento provisório do estabelecimento”, diz essa nota.

O Grupo K, proprietário da Urban Beach, em Lisboa, tinha interposto um processo cautelar de suspensão de eficácia do ato administrativo, a 9 de novembro, para poder reabrir.

Recorde-se que a discoteca encerrou, por determinação do MAI, a 3 de novembro, na sequência de um vídeo de agressões perpetradas por seguranças na noite de Halloween.

2Shares

Em destaque

Subir