Nas Notícias

“Uma grande parte da imprensa quis destruir o Basta”, diz Ventura

André Ventura teceu um forte ataque à imprensa “relacionada com o sistema”, em vésperas das Eleições Europeias, acusando-a de “tentar destruir a coligação Basta desde o início”.

“Uma grande parte da imprensa relacionada com o sistema procurou destruir a coligação Basta desde o início. E isso está a ter repercussões. Temos o sistema inteiro a procurar destruir-nos, vai ser preciso muita coragem e determinação dos portugueses para nos darem força no próximo domingo”, afirmou, em declarações ao PT Jornal.

Com a campanha eleitoral a terminar hoje, o candidato lembrou que “os estudos de opinião não são clarificadores quanto aos resultados do Basta”.

“Em algumas sondagens, elegemos eurodeputados, noutras não”, salientou: “Será uma incógnita até ao final da noite de domingo”.

André Ventura salientou ter “mais notoriedade pessoal e tempo mediático que a maioria dos candidatos”, citando “os estudos efetuados”, para criticar que tal não tenha reflexos na cobertura por parte da “imprensa relacionada com o sistema”.

“A questão não devia ser colocada nestes termos, pois grande parte da cobertura mediática foi negativa, mas assumirem total responsabilidade pelos resultados. Não me passa pela cabeça não eleger eurodeputados, atendendo ao carinho e ao apoio que temos visto por todo país”, concluiu.

Mais partilhadas da semana

Subir