Motores

“Uma estreia de sonho” para Nuno Matos

Nuno Matos começou da melhor forma possível a sua campanha no Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno AM48, ao impor-se na Baja TT do Pinhal.

“Uma estreia de sonho” para o piloto de Portalegre, que na prova da Escuderia de Castelo Branco se estreou aos comandos de uma Fiat Fullback Proto.

O domínio de Nuno Matos e de Pedro Marcão só não se dez sentir no prólogo, já que nos três setores seletivos do evento que decorreu nos concelhos de Proença-a-Nova, Sertã e Vila Velha de Ródão o piloto alentejano não deu hipóteses à concorrência.

Mais rápido e consistente Nuno Matos deixaria o segundo classificado, Alexandre Ré, a mais de 13 minutos, pelo que não restaram dúvidas em relação a quem foi melhor nesta primeira ronda do campeonato. Isto apesar de João Ramos não ter podido dar a luta que prometia devido aos problemas mecânicos na Toyota Hilux que cedo afastaram o piloto de Gaia desta primeira prova do ano.

“É uma estreia de sonho. Foi uma prova fantástica para nós, de início ao fim, sem qualquer percalço. No sábado começamos bem, com um excelente tempo no prólogo. O início do primeiro setor também foi muito bom. Estávamos todos presos por poucos segundos. Acho que a corrida começou com um ritmo fantástico”, avaliou o vencedor no final da Baja.

Nuno Matos diz que as diferenças finais não tiveram apenas com o andamento imposto mas também com azares alheios. “Depois da vantagem que conseguimos sábado, e como beneficiamos de alguns percalços que os nossos adversários tiveram, o andamento de domingo foi diferente”.

“Sinceramente estou surpreendido e muito feliz. Começamos com o ‘pé direito’ no campeonato, neste novo projeto. Esta prova, seja pela distância, seja pelos pisos, foi uma das mais duras que o nosso campeonato conheceu nos últimos anos”, acrescentou o piloto de Portalegre.

Nuno Matos começa agora a pensar na próxima prova, que terá lugar entre 12 e 14 de abril, a Baja de Loulé, no Algarve.

Mais partilhadas da semana

Subir