Motores

Um “resultado final excelente” para Armindo Araújo e Bruno Magalhães

Armindo Araújo e Bruno Magalhães optaram por concluir o Rali de Portugal, apesar do segmento pontuável para o Campeonato de Portugal ter terminado a meio do segundo dia.

O triunfo do Campeão Nacional e a terceira posição conseguidas pelos dois pilotos do Team Hyundai acaba por ser um justo prémio para ambos.

Para Armindo Araújo e Miguel Ramalho acaba por ser a repetição do triunfo conseguido no ano passado e isso é motivo de satisfação para o piloto de Santo Tirso: “Impusemos um andamento rápido e conseguimos assumir a liderança do CPR logo desde a primeira especial. Estamos muito satisfeitos com esta vitória, não só pelo andamento que demonstrámos, mas também por termos recuperado alguns pontos para os nossos adversários na luta pelo título”.

“Vamos tentar subir ao pódio em Matosinhos como a melhor dupla nacional, desfrutar das especiais e do Hyundai i20 R5, que foi um aliado de peso neste resultado”, afirmou Armindo Araújo, que venceu 7 das 10 classificativas do CPR, subindo agora à segunda posição no campeonato.

Depois do pódio nos Açores, Bruno Magalhães e o navegador Hugo Magalhães voltaram a ser os segundos classificados na prova do CPR, depois de terem superado um dia de sexta-feira particularmente difícil.

“O resultado final acaba por ser excelente, não só para nós como para todo o Team Hyundai Portugal. Ontem, furámos duas vezes ao longo do dia e só conseguimos verdadeiramente mostrar o nosso andamento no sábado, onde ganhámos quatro classificativas. O Rali de Portugal é sempre uma prova duríssima, mas o apoio deste público ajuda-nos a ultrapassar qualquer adversidade”, apontou o piloto de Oeiras.

145Shares

Mais partilhadas da semana

Subir