Motores

Um fim de semana difícil para Fábio Mota

Fábio Mota não teve um fim de semana na primeira prova do Campeonato de Portugal de Karting, que decorreu no Kartódromo Internacional de Leiria.

Depois das boas indicações dadas duas semanas antes no Open de Portugal FPAK, o piloto de Vila Nova de Gaia tinha grandes expetativas para este primeiro ‘round’ do campeonato.

Havia motivação por parte de Fábio Mota, mas dificuldades técnicas com o acerto do chassis Sodikart, um acidente na primeira manga de qualificação e uma penalização na segunda, levaram a que Fábio Mota arrancasse para a Pré-Final deste domingo da última posição da grelha de partida.

O gaiense não baixou os braços e, com uma postura de ataque, recuperou posições, assegurando o sexto lugar, o que lhe garantia o mesmo posto na grelha de partida para a decisiva Final da tarde dominical.

Na corrida de todas as decisões Fábio Mota assinou um arranque fulgurante, terminando a primeira volta no terceiro lugar, o que lhe abria excelentes perspectivas para um bom resultado. Mas na partida, um ligeiro toque de um adversário descolou o pneu traseiro/esquerdo do seu kart, que foi perdendo ar ao longo da prova, o que o obrigou a perder posições consistentemente.

O abandono acabou por ser inevitável, estavam cumpridas doze voltas, para desespero do piloto de Vila Nova de Gaia. “Foi um fim-de-semana complicado. No início tivemos algumas dificuldades, mas recuperámos e mostrámos um andamento rápido e consistente que nos permitia estar na luta pelos cinco primeiros lugares”, desabafou Fábio Mota.

O piloto da Motocane acrescentou: “Tivemos algumas contrariedades, mas na Final estávamos na luta pelos lugares do pódio. Contudo, tivemos um azar e isso obrigou-me ao abandono”.

Apesar do desapontamento, Fábio Mota retira alguns pontos positivos de um fim-de-semana que se mostrou difícil, mas confirmou a sua competitividade. “Muito embora tenhamos tido muitas contrariedades, conseguimos dar a volta e na Final estávamos na luta pelas posições cimeiras, o que diz bem da resiliência de toda a equipa. Mostrámos um ritmo forte e um lugar entre os cinco primeiros estava perfeitamente ao nosso alcance, mas as corridas são assim. Agora é olhar para a próxima etapa do Campeonato de Portugal FPAK de Karting”, acrescenrou o piloto de Vila Nova de Gaia.

Fábio Mota regressa à competição nos próximos dias 4 e 5 de Abril para disputar a segunda ronda do Campeonato de Portugal FPAK de Karting, que terá lugar no Kartódromo de Viana, em Viana do Castelo.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir