Cultura

Um ciclo para debater novas dimensões de Fernando Pessoa

Um ciclo de conversas dedicadas a Fernando Pessoa levará personalidades da cultura e da comunicação ao Templo da Poesia, em Oeiras, durante o mês de abril, para falar sobre um tema e descobrir novas dimensões da vida do poeta.

“Pessoa convida pessoas” é o título do Ciclo de Masterclasses que vai decorrer no Templo da Poesia, em pleno Parque dos Poetas, nos próximos três meses, de abril a junho de 2018, anunciou a Câmara Municipal de Oeiras, responsável pela iniciativa.

Entre os convidados, contam-se nomes como Carlos Vaz Marques, Ricardo Araújo Pereira, Clara Ferreira Alves, Paulo Cardoso, Pílar del Rio, Júlio Resende, Antonio Sáez Delgado e José Blanco, que irão debruçar-se sobre diversos temas, em conversas moderadas por Nicolau Santos.

“O desafio lançado a cada convidado é o de aprofundar um tema, que não pretende ser necessariamente um registo académico ou de especialista (tal como o de muitos investigadores e pessoanos), mas um olhar despretensioso sobre o homem e o poeta, descobrindo e questionando novas dimensões (mesmo as que são eventualmente desconhecidas do grande público) da vida deste autor”, explica a autarquia.

A conversa parte sempre de uma interrogação, e o objetivo é contribuir para uma melhor leitura e conhecimento da “personalidade complexa e multifacetada deste escritor que é, seguramente, o maior poeta do século XX da Língua Portuguesa”.

Com uma periodicidade semanal, estas sessões são de entrada livre, e têm início no dia 04 de abril, às 21:30, com Carlos Vaz Marques, que irá procurar responder à questão “Pessoa foi jornalista?”.

Na semana seguinte, no dia 11 de abril, será a vez de Ricardo Araújo Pereira tentar responder à pergunta “Pessoa foi humorista?”, enquanto a Clara Ferreira Alves cabe a responsabilidade de tentar perceber se “Pessoa foi misógino”, numa conversa a ter lugar no dia 18.

A encerrar o ciclo do mês de abril, o tema “Pessoa foi astrólogo?” dá o mote para uma conversa, no dia 26, com o especialista em astrologia Paulo Cardoso.

Esta iniciativa tem curadoria de Jerónimo Pizarro, um dos maiores pessoanos conhecidos e também editor, colombiano e português, o que revela a dimensão internacional e o interesse que Fernando Pessoa mobiliza, acrescenta o município.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir