Mundo

União Europeia pede à Turquia que se abstenha de realizar intervenção militar na Síria

A alta representante da União Europeia para os Assuntos Externos pediu hoje à Turquia que se abstenha de realizar uma intervenção militar na região de Manbech, no norte da Síria.

“As declarações de uma possível operação militar turca no noroeste da Síria são uma fonte de preocupação”, disse, em comunicado, Federica Mogherini.

A dirigente italiana acrescentou que a União Europeia espera que as autoridades turcas “se abstenham de adotar qualquer ação unilateral que possa [interferir] nos esforços de coligação internacional contra o [grupo] Estado Islâmico ou gerar mais instabilidade na Síria”.

Para Federica Mogherini, “dado que a luta contra o Estado Islâmico está a entrar na fase final, todas as partes devem trabalhar no objetivo de garantir a sua próxima derrota”.

A chefe da diplomacia da União Europeia acrescentou ainda que uma solução “aceitável” para Ancara e Washington no norte da Síria deveria “abordar as preocupações de segurança da Turquia sem prejudicar a campanha contra o Estado Islâmico”.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir