Mundo

Tunísia: Líder de movimento da oposição abatido a tiro quando saía de casa

chokri belaidChokri Belaid, líder de um movimento da oposição na Tunísia, foi hoje assassinado, em Tunes, quando saía de casa. O primeiro-ministro tunisino condenou o “ato criminoso” de “terrorismo”, o irmão da vítima culpa o Ennahda , o partido islâmico do Governo.

Chokri Belaid, uma das vozes mais ativas à esquerda contra o Governo tunisino, foi hoje assassinado, a tiro, quando saía de casa, em Tunes. O líder do partido Patriotas Democratas estava a assumir-se como a principal figura da Frente Popular, uma coligação de oposição ao Ennahda, o partido fundamentalista islâmico que lidera o Governo.

Moncef Marzouki, o Presidente da Tunísia, já condenou o “odioso assassínio”, quando discursava no Parlamento Europeu. O chefe de Estado antecipou de imediato o fim da visita oficial à Europa para regressar ao país.

Páginas: 1 2

Mais partilhadas da semana

Subir