Desporto

Tribunal deixa os 23 suspeitos de agressões em Alcochete em prisão preventiva

O Tribunal do Barreiro informou que foi decretada a medida de coação mais grave, a prisão preventiva, para os 23 suspeitos de agressões a jogadores, treinadores e outros elementos do Sporting, em Alcochete.

O juiz fundamentou a decisão com os perigos de fuga, de continuação da atividade criminosa e de perturbação do inquérito.

Foram ainda tomados em consideração “a natureza dos ilícitos”, perpetrados na Academia do Sporting, e a escalada de violência no futebol, sendo mesmo destacado “o aumento do número e da gravidade dos crimes e dos comportamentos associados ao fenómeno desportivo”.

Dada a tipologia dos crimes de que estão acusados , os 23 arguidos podem ficar até seis meses em prisão preventiva.

9Shares

Mais partilhadas da semana

Subir