Nas Notícias

Tribunal de Guimarães condenou pedófilo de Famalicão a 19 de anos de prisão

O Tribunal Judicial de Guimarães condenou hoje a 19 anos de prisão um homem que abusou sexualmente de seis crianças na sua residência, em Vila Nova de Famalicão.

As vítimas são rapazes, que o arguido, de 29 anos, convidava para irem a sua casa, nomeadamente com o pretexto de jogar videojogos.

O arguido foi detido em março de 2018 pela Polícia Judiciária (PJ), após uma investigação que teve origem na denúncia de uma das vítimas.

Na altura, em comunicado, a PJ referia que os abusos já decorreriam há mais de quatro anos.

“O agressor atraía as vítimas, com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos, para a sua residência, em Vila Nova de Famalicão, local onde praticava aqueles abusos, oferecendo-lhes em troca pequenos presentes”, acrescentava o comunicado.

O detido, sem ocupação laboral, aguardou julgamento em prisão preventiva, a mais gravosa das medidas de coação.

Mais partilhadas da semana

Subir