Nas Notícias

Três acidentes na A4/Vila Real com seis feridos e nove viaturas envolvidas

Uma criança ficou ferida com gravidade e outras cinco pessoas de forma ligeira em três acidentes na Autoestrada 4 (A4) na zona da serra do Marão, Vila Real, onde caiu granizo, disse fonte dos bombeiros.

O comandante dos bombeiros da Cruz Branca, Orlando Matos, disse que ocorreu um capotamento de um carro ligeiro ao quilómetro 84 da A4, sentido Vila Real – Amarante, que resultou em ferimentos graves numa criança.

O alerta para este acidente foi dado por volta das 15:00 e para o local foram mobilizados 17 operacionais e oito viaturas, entre bombeiros, INEM e GNR.

Poucos minutos depois, houve uma colisão entre duas viaturas, ao quilómetro 85 da A4, mas no sentido contrário, Amarante – Vila Real.

Orlando Matos referiu que este acidente provocou um ferido ligeiro, também uma criança.

Para esta colisão, foram mobilizados 11 operacionais e quatro viaturas.

Já de manhã, perto do Túnel do Marão, inserido na A4, verificou-se uma colisão entre viaturas enquanto outras se despistaram, envolvendo um total de seis veículos.

Deste acidente resultou um ferido ligeiro, que, segundo Orlando Matos, foi transportado para o hospital de Vila Real “por precaução”.

O comandante alertou para as condições da estrada, onde hoje se tem verificado a queda de granizo de forma intensa, embora esporádica, provocando “um tapete de gelo”.

Para além da queda de granizo, nevou no distrito de Vila Real, em zonas de montanha, não havendo, no entanto, estradas cortadas, estando no terreno os limpa-neves.

Na sexta-feira, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um aviso à população até domingo devido a um agravamento das condições meteorológicas, com forte precipitação, queda de neve, vento e agitação marítima.

Na sequência de um alerta do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a ANEPC avisa para a “queda de neve persistente e com acumulação” a partir dos 800/1.000 metros nas regiões norte e centro, com especial destaque para as formações da Peneda-Gerês, Montesinho, Alvão-Marão, Montejunto e Estrela, com acumulados que podem chegar aos 15 centímetros nos próximos três dias.

Mais partilhadas da semana

Subir