Motores

Travões atrasam Alejandro Martins na Baja Aragon

Alejandro Martins esteve em destaque na segunda etapa na Baja Aragon, sexta prova pontuável para a Taça do Mundo de Todo-o-Terreno, ao realizar o quinto tempo no segundo setor disputado no sábado.

Mais uma vez acompanhado por José Marques na Toyota Hilux, Alejandro Martins teve um mau começo, com uma pedra a danificar os travões da viatura japonesa quando estavam percorridos apenas 40 minutos. Isso obrigou a dupla portuguesa a parar para bloquear o tubo danificado.

Foto: AIFA

Resolvido o problema na passagem pela assistência, Alejandro Martins esteve ao nível dos melhores no terceiro setor. Não fosse isso e estaria melhor colocado à partida para o último percurso cronometrado do que 13º.

“Terminamos este dia com sentimentos opostos. Por um lado, uma enorme satisfação por termos podido exprimir quase plenamente o nosso atual andamento no setor complementar, apesar de termos perdido algum tempo quando apanhamos o concorrente que partiu para esta especial à nossa frente”, salienta o piloto português.

Alejandro Martins sente “por outro lado, uma enorme tristeza por, mais uma vez, o azar” lhe “ter batido à porta numa prova para onde” partiu extremamente motivado e ciente de que tinha condições para fazer uma boa corrida. Neste último dia vai tentar fazer o seu melhor, embora sabendo que o esperam “algumas ultrapassagens que nunca são fáceis e que comportam sempre riscos elevados”.

Mais partilhadas da semana

Subir