Nas Notícias

Tráfego aéreo doméstico de passageiros cresceu 17 por cento no primeiro semestre de 2019

O tráfego aéreo doméstico de passageiros em Moçambique cresceu 17 por cento no primeiro semestre de 2019, em comparação com o mesmo período de 2018, disse hoje à Lusa fonte do Ministério dos Transportes e Comunicações.

“O tráfego doméstico de passageiros cresceu em 17 por cento, em comparação com o primeiro semestre do ano passado, um indicador que sinaliza a evolução do mercado nacional do transporte aéreo”, disse a mesma fonte.

Até 2014, operava no mercado doméstico apenas a companhia estatal Linhas Aéreas de Moçambique, destacou

Com a liberalização do espaço aéreo, que permitiu a entrada de novos operadores, o número de passageiros transportados em 2018 ascendeu para mais de um milhão de passageiros, dos anteriores 750 mil por ano.

“A liberalização do espaço aéreo trouxe maior oferta, melhores alternativas e opções dos passageiros e concorrência entre os operadores, que está a levar à redução significativa do custos das passagens aéreas, entre outras vantagens”, disse.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse recentemente que o Governo está preocupado com o nível de endividamento das empresas aeroportuárias.

“O endividamento deve ser encarado com a necessária serenidade e responsabilidade, devendo a empresa prosseguir com os esforços em curso junto dos parceiros para a reprogramação e cumprimento integral dos compromissos assumidos”, disse.

O Governante disse ainda que o país precisa de prosseguir com a reforma legal, completar a certificação dos outros aeroportos e consolidar os ganhos conseguidos no cumprimento das convenções internacionais sobre a aviação civil.

Uma auditoria da ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional), de 2019, permitiu confirmar o cumprimento em 66 por cento dos requisitos impostos por este organismo, superando a média exigida de 60 por cento.

Em 2014, o cumprimento dos requisitos da ICAO, pelo país era de 44 por cento.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir