Economia

Trabalho em Portugal a preço de saldo e longe da média da Zona Euro, diz Eurostat

endividamentoO trabalho em Portugal tem um custo reduzido, em comparação com a média da Zona Euro, de acordo com números da Eurostat. Em Portugal, o trabalhador recebe em média 12,1 euros por hora. Nos 17 países da Zona Euro, o valor médio atinge os 27,6 euros.

O custo da mão de obra em Portugal está muito aquém do que se verifica nos países da Zona Euro, indica o Eurostat, que aponta uma diferença de dimensão assinalável e coloca o país na entre aqueles com preço do trabalho mais baixo.

Mesmo a Grécia e a Irlanda, que também estão perante um quadro de apoio financeiro, paga mais por hora do que Portugal. Os patrões gregos pagam 17,5 euros por cada hora de trabalho e os irlandeses 27,4 euros.

Portugal é um dos quatro países com remunerações por hora mais baixas, apesar de ter registado um ligeiro aumento, de 10 cêntimos por hora, em 2011. Atualmente paga-se 12,1 euros por cada hora de trabalho, o que contrasta com os 27 euros que se assinala como valor médio na Zona Euro, de acordo com dados do Eurostat, gabinete de estatística da União Europeia (UE).

Somente Estónia, Malta e Eslováquia têm custos por hora mais reduzidos do que Portugal, que paga uma percentagem de 56,16 por cento, em comparação com a média dos 17 países que partilham a moeda. Uma hora de trabalho em solo luso permite 12,1 euros, enquanto a mesma hora na média da Zona Euro permite um ganho superior ao dobro: mais 15,5 euros.

Ainda de acordo com o Eurostat, uma análise ao custo do trabalho na União Europeia disfarça as diferenças de rendimentos dos trabalhadores, mas não deixa de ser notada uma grande discrepância. Nos 27 países da UE, o custo por hora de trabalho é 23,1 euros, mais 11 euros do que Portugal.

Bélgica (39,3 euros), a França (34,2 euros) e Luxemburgo (33,7 euros) são os países que pagam melhor remuneração por hora. No extremo oposto está a Estónia, cuja hora de trabalho permite ao trabalhador um rendimento de 8,1 euros.

Mais partilhadas da semana

Subir