Motores

Toyota garante ‘dobradinha’ nas 1000 Milhas de Sebring

Fernando Alonso, Kazuki Nakajima e Sebastien Buemi deram à Toyota a vitória nas 1000 Milhas de Sebring, antepenúltima prova da super temporada do Campeonato do Mundo de Resistência.

A terceira vitória da época da tripla do TS050 Hybrid # 8 começou a ‘desenhar-se’ quando o outro LMP1 da Toyota – o # 7, confiado a Mike Conway, Kamui Kobayashi e José Maria Lopez – teve problemas e se atrasou, terminando a três voltas dos vencedores.

O domínio dos protótipos japoneses nunca esteve em causa, como não o tinha estado na qualificação, sendo a questão a diferença que teriam no final para os LMP1 não híbridos, e qual desses conseguiria terminar no último lugar do pódio, após um final atrás do ‘safety car’ devido a um último acidente motivado pela chuva que caiu copiosamente nos últimos 20 minutos de corrida.

Inicialmente pareceu que a Rebellion iria novamente ser a melhor dos outros, mas depois do abandono precoce do carro # 1, o # 3 teria também percalços que acabaram por favorecer o BR 1 # 11 e levar à terceira posição Brendon Hartley, Vitaly Petrov e Mikhail Aleshin, no único protótipo da SMP Racing a concluir a prova, já que o outro terminou contra o muro depois de um erro de Egor Orudzhev.

Em LM2 a Jackie Chan DC Racing confirmou o favoritismo com o triunfo de Will Stevens, Jordan King e David Heinemeier-Hanson no Oreca # 37, enquanto que em GTE Pro a Porsche conseguiu impor o 911 # 91 de Ginamaria Bruni e Richard Lietz, que beneficiaram de uma melhor estratégia, pois Nicky Catsburg foi obrigado a uma paragem para reabastecimento a 18 minutos do fim que privou o BMW M8 GTE # 81 da vitória.

Já os pilotos portugueses não foram felizes. António Félix da Costa chegou a estar no top três da GTE Pro antes do BMW M8 GTE # 82 se atrasar e terminar apenas na sétima posição. A Pedro Lamy a prova não correu melhor, já que o Aston Martin Vantage # 98 veio a concluir a corrida apenas na oitava posição dos GTE Am, após se ter atrasado a meio da prova.

Classificação final

1º Buemi/Nakajima/Alonso (Toyota) 8h00m38,186s

2º Conway/Kobayashi/Lopez (Toyota) + 1 volta

3º Aleshin/Petrov/Hartley (BR1) + 11 voltas

4º Heinmeier-Hansson/King/Stevens (Oreca) + 14 voltas

5º Lapierre/Negrão/Thiriet (Signatech) + 14 voltas

6º Gonzalez/Maldonado/Davidson (Oreca) + 16 voltas

7º Berthon/Laurent/Menezes (Rebellion) + 16 voltas

8º Creed/Ricci/Jeanette (Ligier) + 19 voltas

9º Van Eerd/Van der Garde/De Vries (Dallara) + 23 voltas

10º Lietz/Bruni (Porsche) + 27 voltas

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir