Ralis

Todo-o-terreno: Miguel Barbosa vence prólogo da Baja de Idanha-a-Nova

MiguelBarbosaIdanha214MiguelBarbosaIdanha214 600Miguel Barbosa não podia ter começado melhor a sua participação na Baja TT de Idanha-a-Nova, que este fim-de-semana se disputa naquela região da Beira Baixa. O piloto do Mitsubishi Racing Lancer venceu o prólogo da prova da Escuderia de Castelo Branco, que é a quinta do campeonato nacional de todo-o-terreno.

Acompanhado por Mário Castro, Miguel Barbosa foi quase 20 segundos mais rápido do que Ricardo Porém, o segundo mais rápido nas duas passagens pelos 6,8 quilómetros que compunham a super-especial.

“O prólogo de hoje não poderia ter corrido melhor. Atacámos bem nas duas passagens. Imprimimos um bom ritmo e conseguidos completar as duas voltas sendo os mais rápidos”, começou por dizer o piloto do BP Ultimate Vodafone Team.

RicardoPoremIdanha214 600“Na segunda volta tívemos uma saída, perdemos algum tempo, mas não foi nada de significativo. O Mário esteve muito bem. Esta prova tem um nível muito elevado, mas isso também me motiva. Estou confiante. Amanhã temos de apostar tudo com os olhos postos na vitória”, acrescentou Miguel Barbosa.

Já Ricardo Porém sentiu-se um pouco penalizado pelo pó. Por isso na segunda passagem adotou “caultelas redobradas, até porque o piso estava muito escorregadio”.

“Foi um primeiro dia muito duro, mas que nos coloca numa posição excelente face aos objetivos que traçamos. Esta prova é rápida, mas muito dura e onde o calor de ser muito, por isso temos de gerir o esforço”, referiu ainda o piloto do BMW Série 1 Proto.

RomuloBrancoIdanha214 600Tal como prometera, Rómulo Branco ‘jogou à defesa’, não correndo riscos. Por isso o piloto luso-angolano da Toyota concluiu o prólogo apenas no terceiro posto, a quase meio minuto do líder e com mais de uma dezena de segundos de vantagem sobre a Nissam de Paulo Ferreira e o Opel Proto de Nuno Matos.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir