Nas Redes

“Todas as semanas recebo ameaças de ex-reclusos, ciganos ou fanáticos de futebol”

André Ventura não tem complexos em assumir posições controversas, mas reconhece que o protagonismo também tem um lado negro, pois é ‘bombardeado’ com insultos e até ameaças de morte.

“Manter firmeza nas nossas posições tem, na sociedade portuguesa atual, consequências sérias. Estar em vários assuntos públicos também”, começou por afirmar, em declarações ao PT Jornal.

“Não há semana que não me cheguem ameaças de morte de reclusos ou ex-reclusos, por causa das minhas posições sobre a prisão perpétua ou a castração química de pedófilos”, revelou.

Outro tema que tem valido insultos e ameaças ao líder do Chega é a polémica com a comunidade cigana.

“Não há semana que não me cheguem por diversas vias ameaças de pessoas de etnia cigana por causa das minhas posições públicas sobre o assunto e sobre a comunidade, que não tem um pingo de racismo, volto a sublinhar”, frisou.

“E também o futebol traz dissabores”, continuou: “há pessoas para quem o jogo parece mais importante do que a vida. Pessoas que aparentemente têm uma vida profissional e pessoal estável, não deixam de fazer as ameaças e as injúrias mais grosseiras quando chega ao tema futebol”

“Qualquer dia deixo de ter redes sociais, sempre me chateio menos”, concluiu André Ventura.

2334Shares

Mais partilhadas da semana

Subir