África

Terceiro avião com apoio português aterra na cidade moçambicana da Beira

Um avião comercial fretado pelo Estado português para apoio às operações de socorro após o ciclone Idai em Moçambique aterrou hoje na cidade da Beira pelas 15:00 (13:00 em Lisboa).

O avião transportou uma força operacional conjunta da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) com valências nas áreas de busca, salvamento, proteção e socorro em situações de emergência complexas.

Esta força é composta por operacionais da Força Especial de Bombeiros (dez elementos), Bombeiros Voluntários de diversas corporações do distrito de Santarém (19 elementos), Guarda Nacional Republicana (18 elementos) e Instituto Nacional de Emergência Médica (um elemento), que vão apoiar as autoridades moçambicanas nas operações de socorro às vítimas do ciclone.

O dispositivo é coordenado pela ANPC e a bordo segue também diverso material médico de apoio ao Hospital da Beira.

Este é o terceiro avião com ajuda portuguesa após dois C-130 que chegaram na sexta-feira e hoje.

O apoio surge na sequência do pedido de assistência internacional para ajuda nas operações de socorro apresentado pelas autoridades moçambicanas no quadro do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia.

O balanço provisório da passagem do ciclone Idai em Moçambique voltou hoje a aumentar, subindo para 417 mortos.

Mais partilhadas da semana

Subir