Nas Notícias

“Tentação presidencialista de Marcelo ameaça a democracia”, diz colunista do PS

Um artigo no jornal do PS, assinado por Simões Ilharco, deixa o aviso: “A esquerda deve estar unida e coesa para combater a tentação presidencialista de Marcelo, que ameaça a democracia”. Em causa, refere o texto, está o Presidente que “exorbitou claramente os seus poderes constitucionais”.

É um brutal ataque ao chefe de Estado que vem publicado no Acção Socialista, o jornal oficial do PS. Marcelo é descrito como alguém que “exorbitou, claramente, dos seus poderes constitucionais”, cabendo “à esquerda” evitar o “presidencialismo que descamba, por vezes, em ditadura”.

“A esquerda deve estar unida e coesa, para impedir esta caminhada preocupante e perigosa, combatendo a tentação presidencialista de Marcelo, que ameaça a democracia”, escreveu Simões Ilharco, no jornal oficial do PS.

O antigo jornalista não tem papas na língua: com “demagogia e populismo”, o chefe de Estado “exorbitou, claramente, dos seus poderes constitucionais”.

“Foi, também, a primeira vez, no Portugal de Abril, que um Presidente da República reclamou, publicamente, a demissão de um ministro e a remodelação do Governo”, refere o artigo intitulado ‘O fracasso da moção de censura do CDS’.

“A afirmação do Presidente de que, devido à tragédia dos incêndios, se sente como tendo levado uma sova monumental é corriqueira e revela demagogia e populismo. Marcelo parece querer assumir-se como homem providencial, como salvador da Pátria, mas olhe que a Pátria está boa e recomenda-se”, concluiu Simões Ilharco.

607Shares

Mais partilhadas da semana

Subir