Nas Notícias

Taxa de infeções hospitalares em Portugal quatro vezes superior à média mundial

Estudo da Direção-Geral da Saúde (DGS) aponta Portugal como um país com uma elevada taxa de infeções hospitalares. A diferença relativamente à média mundial é mais de quatro vezes superior.

Segundo um estudo efetuado durante o ano passado, em 28 países europeus, os doentes internados nos hospitais portugueses têm 11 por cento de probabilidade de adquirir uma infeção. Comparativamente, este valor é mais de quatro vezes superior à média mundial, que se fica pelos 2,6 por cento.

Conforme divulgado pela Direção-Geral da Saúde, entidade responsável pela publicação dos resultados, o estudo indica que, dos pacientes infetados em meio hospitalar, 8,6 por cento estavam já a ser medicados. A nível europeu, esta taxa ficou-se pelos cinco por cento.

Os resultados divulgados mostram ainda que as infeções com maior taxa de incidência ocorriam no aparelho urinário, seguido do aparelho respiratório e ainda de casos relacionados com infeções de pele.

A pesquisa foi realizada durante o ano passado em oito unidades de cuidados continuados de saúde de Portugal, através de uma amostra de 245 doentes internados – dos quais 20 por cento com mais de 85 anos.

Em destaque

Subir